sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Génesis 18: 18-33 - A adivinhação das conquilhas e a conversa com Abraão


Interrogava-se o SENHOR, enquanto matutava na grande destruição de Sodoma e Gomorra:
– Poderei ocultar a Abraão o que vou fazer, Abraão que será uma grande e poderosa nação, e nele serão benditas todas as nações da terra?
Em dilema e a interpelar-se a si mesmo, o SENHOR, essa certeza omnipresente, encontrava-se naturalmente contrariado.
– Irra! – E o SENHOR, pondo-se de cócoras, tirou do bolso meia dúzia de conquilhas, que chocalhou entre as mãos, dizendo baixinho: – Se quando as atirar ao chão ficarem muito separadas umas das outras, não conto, se ficarem juntas, conto.
E eis que um anjo do SENHOR aparece ao SENHOR numa grande luz e diz-lhe:
– Não é preciso ter tanto trabalho, SENHOR, use apenas duas conquilhas, determine para uma o valor «conto» e para a outra o valor «não conto» e de seguida, apontando ora para uma e ora para outra, ao ritmo das sílabas, cante:

Um-dó-li-tá,
cara de amendoá,
um segredo colorido,
quem está livre,
livre está.

– E a conquilha que não ficar livre? – Perguntou o SENHOR.
– A conquilha que não ficar livre é a sua resposta. – Esclareceu o anjo, esvoaçando em frente ao SENHOR.
– Parece-me bem. – E o SENHOR fez como o anjo ensinou e saiu que devia contar a Abraão e o SENHOR assim resolveu fazer. Mas antes disse ao anjo:
– Olha lá, usas sempre essa luz quando apareces às pessoas?
– Sim.
– Isso é um exagero! Parecem as luzes de um estádio de futebol! Fica toda a gente cega. Já lhes basta o susto de lhes aparecer um anjo. A partir de agora usas uma luz menos intensa, ok?
– Sim, SENHOR.
– Se não, não tens aumento. E até posso despedir-te. Hã?
– Sim, SENHOR.
– Acho bem...
E o SENHOR foi ter com Abraão.


Representação de
um anjo primitivo.

E o SENHOR disse a Abraão:
– Vou destruir Sodoma e Gomorra, para que a pouca vergonha não contamine o resto do mundo.
E Abraão perguntou ao SENHOR:
– Destruirás também o justo com o ímpio?
– Depende – respondeu o SENHOR.
– Se houver cinquenta justos, destruirás também, sem poupar esses cinquenta justos? Ai de ti se matares o justo com o ímpio!
– Não fales comigo nesse tom. – Disse o SENHOR. – Se em Sodoma achar cinquenta justos, pouparei toda a cidade por amor dos cinquenta.
– E se estiverem só quarenta e cinco? – Perguntou Abraão.
– Não a destruirei, se achar ali quarenta e cinco.
– E se estiverem só quarenta?
– Não o farei por amor dos quarenta.
– E se estiverem só trinta?
– Não o farei por amor dos trinta.
– E se estiverem só vinte e sete e meio?
– Não o farei por amor dos vinte e sete e meio. – E o SENHOR franziu o sobrolho.
– E se estiverem só vinte e um e três quartos?
– Nos quartos é uma pouca vergonha! – Revoltou-se o SENHOR.
– Quantos são três vezes cinco?
– Quinze.
– E se estiverem só quinze?
– Não o farei por amor dos quinze.
– E se estiverem só cinco?
– Os cinco?! – Comoveu-se o SENHOR. – Com o Tim? Não o farei por amor dos cinco e do Tim.
E retirou-se o SENHOR, quando acabou de falar a Abraão.

7 comentários:

dcc disse...

AHAHAHAHA Adivinhação das conquilhas!!!!!!:D

dcc disse...

O SENHOR anda com conquilhas no bolso!!

camponesa pragmática disse...

sabia que ias gostar B')

carlopod disse...

arrelia-me pensar que se o SENHOR tivesse também no bolso um molho de coentros, uns dentes de alho e um fiozinho de azeite talvez Sodoma e Gomorra não tivessem sido destruídas...

carlopod disse...

esse anjo é muita cool!

Dr. Scepticu disse...

Esse anjo era um santo :')

camponesa pragmática disse...

tinha muitos olhos para ver melhor >B