segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Génesis 9: 1-29 - A primeira bebedeira



E Deus disse a Noé e a seus filhos que deviam frutificar e multiplicar-se, encher a terra e espalhar o terror sobre todos os animais, incluindo os peixes, mesmo se para tal tivessem de aprender a nadar e, pelo caminho, um ou outro morresse afogado na pioneira tarefa de pôr as mãos nas escamadas criaturas.
– Primeiro torturam-nos, depois matam-nos bem mortos e depois comem-nos, mas sem sangue, bem passados – explicou.
– Ah...
– Só não devem matar-se uns aos outros, pois se o fizerem serão mortos uns pelos outros, e muito sangue será derramado, pois eu vos fiz à minha imagem.
– Oi?!
– Quem derramar o sangue do homem, pelo homem o seu sangue será derramado; porque fiz o homem conforme a minha imagem.
– Eihn?!

E Deus pensou de si para si que se o homem tinha mau coração desde o berço e que se o tinha feito à sua imagem e semelhança, era melhor não insistir em destruições radicais. E guardando este raciocínio para si, prometeu a Noé que nunca mais haveria um dilúvio e que, caso se esquecesse da chuva a chover durante muitos dias seguidos, no céu surgiria o arco-íris que o lembraria da sua promessa, e fecharia imediatamente as suas divinas torneiras.
– Nem um ou outro maremoto? – perguntou Noé.
– Um maremoto não é um dilúvio.
– Ah…
– Gosto do arco-íris, tem cor-de-rosa! – comoveu-se uma filha de Noé, levando logo um estalo do pai.

E tendo os filhos de Noé - Sem, Cão e Jafé - saído da arca, mais seu pai, pôs-se este a plantar vinhas. E tendo Noé plantado vinhas, fez vinho, que bebeu, ficando muito bêbedo e despindo-se dentro da tenda. Apercebendo-se Cão, pai de Canaã, da nudez de seu pai, disse aos irmãos:
– É uma pouca vergonha!
E Sem e Jafé foram cobrir Noé.

Passaram um mau bocado a apanhá-lo, visto que não podiam vê-lo nu e tiveram de tapar os rostos com máscaras, sendo esta a origem do jogo da cabra-cega. E depois de o apanharem passaram outro mau bocado a sossegá-lo, pois histérico se encontrava Noé graças à bebedeira.



Quando veio a si, Noé revoltou-se contra Canaã e disse:
– Maldito seja Canaã pelo que me fez! Servo seja entre os seus irmãos!
– Mas, pai, Canaã não fez nada neste capítulo. É referido meramente por ser meu filho. – disse Cão.
– Maldito seja Canaã! Maldito seja Canaã! – insistiu Noé. – Bendito seja o SENHOR Deus de Sem! E seja Canaã seu servo. Maldito seja Canaã! Maldito seja Canaã!
– Mas, pai, Canaã não fez nada… – confirmou Sem.
– O ar é de todos! Maldito seja Canaã! Maldito seja Canaã! Maldito seja Canaã! Maldito seja Canaã!
– Bem, se calhar ainda está bêbedo. – disse Jafé. – Vou buscar-lhe um café…
E viveu Noé, depois do dilúvio, trezentos e cinquenta anos.
E continuou a amaldiçoar Canaã e nunca ninguém conseguiu convencê-lo que Canaã não tinha feito nada.
E tendo novecentos e cinquenta anos, Noé morreu.

8 comentários:

dcc disse...

O AR É DE TODOS!!
Canaã? Em África??
:D

allaboutheforest disse...

isto está a correr melhor do que pensava. já agora proponho que coloquem aspas no que é efectivamente citação. só para conseguirmos (nós ignorantes biblicos) distinguir a palavra sagrada da profana.

allaboutheforest disse...

"comoveu-se uma filha de Noé, levando logo um estalo do pai." :-D

camponesa pragmática disse...

Olá :)

Podes comparar através do número com a localização do texto original (neste: Génesis [capítulo] 9: [pontos] 1 a 29 ) na 1ª parte do título de cada post. E usando o link da bíblia online na sidebar.

Não curto aspas e também quase não tenho feito citações literais, adapto sempre, primeiro porque a bíblia é um poço de repetições a pedir para ser resumida/sintetizada, segundo e terceiro porque o texto online que estamos a seguir é em português brasileiro (apesar do site ser .pt) e tem uma sintaxe de m****.

Dr. Scepticu disse...

Também não curto aspas. Parecem pêlos nas palavras B|

Mas curto estes diálogos e esta novelização bíblica. Quase que chorei a rir (fiquei-me pelo rir, mas muito).

B')

camponesa pragmática disse...

palavras com bigode? B)

estou viciada em todo o tipo de texto que aqui se posta e viciada nas cenas dos próximos capítulos. não fazia ideia que a bíblia era tão tão absurda... há partes mesmo sem nexo lógico, não é ter fé ou não ter, há frases ilegíveis por lhes faltarem partes. e conclusões erradas e vindas do nada.

vêm aí a invenção da circuncisão e a destruição de sodoma e gomorra e depois as filhas de lot a embebedarem o pai para conceberem com ele - álcool e incesto na bíblia (conheço a história de lot da pintura).

carlopod disse...

o Kommienezuspädt é de facto uma escolha brilhante.
mais voz de bêbado só mesmo o Vasco Pulido Valente e a mulher.

camponesa pragmática disse...

o vasco e a constança têm vídeos no youtube a cantar? o mar enrola na areia e assim? nunca imaginei que tal felicidade fosse possível.