terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Génesis 35: 5-29 – Problemas de memória


Enquanto o SENHOR espalhava o terror à sua volta, Jacob e o povo partiram e chegaram a Luz, em Canaã (Betel), e Jacob ergueu ali um altar.
E morreu Débora, serva de Rebeca, e foi sepultada por baixo do carvalho Alom-Bacute.
E o SENHOR disse a Jacob:
– Não te chamarás mais Jacob, mas Israel.
– Já mo tinhas dito, no capítulo 32…
– Já? A minha cabeça já não é o que era. – E o SENHOR suspirou. E prosseguiu: – Eu sou o Deus Todo-Poderoso. Cresce e multiplica-te. Uma multidão de nações sairá de ti. E terás as terras de Abraão e de Isaac e a tua descendência também.
E Jacob, que já tinha ouvido tudo aquilo, preocupou-se com a saúde do SENHOR.
E o SENHOR desapareceu, e Jacob ergueu nesse lugar uma coluna, untou-a com azeite e ao meio-dia estrelou ali ovos, para alimentar o seu povo, antes da caminhada.
E partiram de Betel, porque ali, afinal, não cabiam todas as tendas, e no caminho Raquel deu à luz e morreu, e foi sepultada no caminho de Efrata, que é Belém, e chamou ao filho Benoni, mas Jacob chamou-lhe Benjamim, e ergueu uma coluna sobre o túmulo de Raquel.
E chegado depois de Migdal Eder, Jacob lembrou-se que era Israel.
– A minha memória também não anda nada bem. – Disse de si para si. E estendeu ali a sua tenda.
E Ruben, filho de Israel, deitou-se com Bilha, concubina de Israel, mas a peixeirada foi pequena e não tiveram de mudar as tendas.


Eram 12 os filhos de Jacob: Ruben, Simão, Levi, Juda, Issacar e Zebulom, de Lea; José e Benjamim, de Raquel; Dã e Naftali, de Bilha; Gade e Aser, de Zilpa.
E tendo 180 anos, Isaac morreu, e Esaú e Jacob o sepultaram, e não lhe disseram nada sobre o novo nome Israel, para não o confudirem.

2 comentários:

dcc disse...

É mais ou menos como já disseste,quem escreveu este Antigo Testamento andava subnutrido e com a cachimónia avariada.

Dr. Scepticu disse...

Também não é preciso ofender, seu monte de cc's a seguir a um d B/