segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Êxodo 6: 1-7 - Eu é que sou

Temos então que o SENHOR se rebelou e achou que se devia fazer qualquer coisinha à séria.
- Ides reparar agora como vou ao pêlo ao Faraó. - Disse a Moisés. Continuou - Quem manda aqui sou eu que sou o Todo-Poderoso, eu é que sou o Presidente.
Moisés ouviu deliciado. O SENHOR coçou o nariz antes de recompôr a sua expressão empertigada e voltou à carga:
- Eu sou o SENHOR. Eu apareci a Abraão, a Isaac, a Jacó, como o Deus Todo-Poderoso, contudo, pelo meu nome (chamo-me SENHOR), não lhes fui perfeitamente conhecido. Eu sou o SENHOR.
Aflorou ao pensamento de Moisés que o SENHOR estivesse com uma crise de identidade ou estivesse a tentar fazer crer quer não era transexual, isto é, não fosse antes uma SENHORA de nascença.
-Estabeleci com eles aliança para lhes dar as terras de Canaã, a terra de suas peregrinações, na qual foram peregrinos - a redundância ficava-lhe bem, pensava Moisés - e também tenho ouvido o gemido dos filhos de Israel, aos quais os egípcios fazem servir, e lembrei-me da minha aliança - nisto, cuspiu para um gordo cachucho no dedo mindinho e puxou-lhe lustro. - E pois bem, eu sou o SENHOR. E eu vos tomarei por meu povo, e serei vosso Deus; e sabereis que eu sou o SENHOR vosso Deus, que vos tiro de debaixo das cargas dos egípcios.

3 comentários:

camponesa pragmática disse...

se calhar o SENHOR é hermafrodita.
faria sentido, só assim seria omnipotente em todos os aspectos, também e até no sexual.

camponesa pragmática disse...

e não faria sentido um ser omnipotente não perceber de tudo na 1ª pessoa.

dcc disse...

Eu cá acho que o SENHOR é tri-super-omnifrodita. :>
É um ser interessante.