terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Êxodo 12: 37-51 - Indo eu, indo eu a caminho de Sucote

Sucote, 1200 e tal a.C.

Cerca de 430 anos depois da sua chegada, os filhos de Israel abandonaram o Egipto, expulsos pelo Faraó, sob acusação de crimes de terrorismo e sedição. Fontes do Sindicato dos Circuncidados indicam que seriam cerca de 600 mil homens e 2 mulheres os expatriados, que se fizeram acompanhar de ovelhas e bois, provocando grande congestionamento nas vias de acesso ao Egipto. Este número foi contestado pelo Governo, cujo cálculo indica que os criminosos não ultrapassaram os 6 indivíduos, mais 2 mulheres, e que pareciam ser mais porque andavam em constante movimento para trás e para a frente, confundindo os fiscais.

Esta deportação em massa deve-se ao cabecilha identificado como SENHOR, cujas acções terroristas incluíram armas de destruição maciça, e à sua acção de sublevação cujo resultado foi o esgotamento da paciência dos egípcios. Coitados.

O SENHOR foi já identificado como o autor de diversos crimes contra a Humanidade, desde genocídio à destruição completa de cidades e extermínio de milhares de espécies animais, mas até agora não foi possível localizá-lo nem muito menos capturá-lo.

Os Filhos de Israel são seita religiosa pagã cuja iniciação inclui a circuncisão e o consumo de substâncias alucinogénas e cujos membros são dotados de um fanatismo implacável e obediência cega aos seus líderes que, segundo os próprios, agem como a voz do SENHOR, Presidente da seita.

Não se sabe se o SENHOR é uma figura real ou se um ícone/ardil e uma forma de controlar os Filhos de Israel. As constantes gravações que supostamente faz revelam que, a ser real, habita numa caverna, num arbusto ou num sítio muito alto.

Não é recomendável que pernoitem junto de Filhos de Israel pois serão de certeza circuncidados.

6 comentários:

camponesa pragmática disse...

sob acusados? B/

Dr. Scepticu disse...

Estás a falar do quê? Vê se atinas B/

camponesa pragmática disse...

está muito bom :D
a minha parte preferida:
"a ser real, habita numa caverna, num arbusto ou num sítio muito alto." B))

camponesa pragmática disse...

devem estar quase a atravessar o mar, não?
será que a ideia de abrir as águas surgir logo ou só depois de se afogarem uns quantos porque não sabiam nadar?

Dr. Scepticu disse...

Também estou curioso. Mas posso dizer que no filme "Os Dez Mandamentos" essa cena foi filmada usando daqueles rolos das auto-lavagens B) A Sério!

maria manuel disse...

já na altura os sindicatos diziam uma coisa e o governo outra.
mas estranho os números... tantos homens e 2 mulheres?!... donde nasceram esses homens todos?