quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Génesis 4: 3-15 - A morte de Abel, a fuga de Caim e os dois amores de Lameque



E Abel foi produtor de lacticínios e Caim foi jardineiro e florista. Abel oferecia queijos, iogurtes e danoninhos ao SENHOR; Caim oferecia-lhe flores. O SENHOR devorava as oferendas de Abel e desdenhava as flores de Caim. Explicou o SENHOR a Caim que as flores que lhe oferecia não estavam à sua altura, tendo Caim experimentado logo ali plantar aquilo que mais tarde ficaria conhecido por girassol e pé de feijão. Em vão, pois o SENHOR continuava de nariz empinado contra as flores de Caim, enquanto se lambuzava deliciado com os produtos da Mercearia Abel.

Ciumento, Caim aguardou Abel à saída da loja, num dia de Outono à tarde e atacou-o com um pé de cabra, ferindo-o mortalmente e escondendo de seguida o corpo às postas no congelador, durante vários dias.

Ao SENHOR, que tinha bom nariz, não lhe cheirou bem a casa de Caim da vez seguinte que o visitou, apesar das muitas flores. E o SENHOR disse a Caim:
- Dá-me já um copo de gelado de chocolate do Pingo Doce.
E ia Caim buscá-lo quando o SENHOR o ultrapassou no corredor e lhe disse:
- Deixa estar, não te incomodes, eu vou buscar!
E assim que abriu a gaveta do congelador o SENHOR desmaiou, não sem antes se virar para Caim e dizer:
- AHA! Bem me parecia. E agora, onde vou eu buscar os danoninhos?

Caim manteve o SENHOR refém em sua casa durante vários dias, até ser descoberto por uma equipa de peritos CSI-Costa da Caparica. O SENHOR foi salvo, mas Caim fugiu e viveu algum tempo em parte incerta, de travessa em travessa, ainda assim com paz de espírito para se apaixonar e procriar, com a ajuda de Conceição, a Grande, que deu a Caim o filho Enoque.

E a Enoque nasceu Irade, e Irade gerou Meujael, Meujael gerou Metusael, Metusael gerou Lameque. Sempre com a intervenção de Conceição, a Grande.

E tomou Lameque para si duas mulheres.

3 comentários:

carlopod disse...

LOLOLOLOLOLOLOL genial!
Saramago não diria pior!

dcc disse...

Lololol!!Adoro a Conceição, a Grande. É a minha personagem bíblica favorita. É uma Maria para toda a obra!

camponesa pragmática disse...

É imaculada, a Conceição :')